quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Panem et Circenses

Roma Antiga. Uma grave situação econômica trazia consigo diversos problemas sociais. Com receio de que os indivíduos se rebelassem contra a atuação dos governantes e exigissem melhores condições de vida, o imperador da época acabou criando uma política onde o objetivo principal era evitar a revolta da população através da distração da mesma, para que esta esquecesse as intempéries enfrentadas diariamente, como a exclusão e a desigualdade. Era o “Panem et Circenses” ou “Pão e Circo”. A metodologia era simples: Os estádios, como o Coliseu, eram, diariamente, palco de espetáculos sangrentos de gladiadores, ao mesmo tempo em que havia a farta distribuição de pão e trigo.

Acredita-se, portanto, que o “Pão e Circo” foi uma tática que conseguiu subverter as diferenças sociais e econômicas por meio do assistencialismo. Diz-se que a instituição desta política foi realizada com o intuito de reter a insatisfação da população menos favorecida, onde esta era ludibriada com a concessão de favores e diversão.

Sabe-se ainda que a medida romana não atingia a totalidade da população, que, na época, era comporta mais de um milhão de habitantes. Uma pequena parte dessa população tinha direito aos benefícios do Estado, e nem todos os plebeus tinham como acessar as arenas onde os espetáculos aconteciam.

Qualquer semelhança com o Brasil atual é mera coincidência. A “estratégia da diversão” continua existindo por aqui. Aliás, estratégias silenciosas para guerras tranquilas são as mais utilizadas. A alienação é promovida por vários fatores, como a programação televisiva, que boicota a realidade e glorifica o assistencialismo. O pão é distribuído na forma de programas, como o Bolsa Família. Estes, que também são conhecidos como agrados ou esmolas, deixam todos que os recebem muito satisfeitos, agradecidos e com um vistoso sorriso no rosto.

O que me assusta nisso tudo, é ter que ouvir no horário eleitoral gratuito que “esse País se preocupa com nós” ou “nós somos importantes para o País”, quando o cidadão se pronuncia em relação ao “pão” dado pelo governo. E, pra ser pior, lágrimas vêm aos olhos do sujeito. Confesso que aos meus também, mas por outro motivo, e ele é simples: Poucas são as vozes que tentam moderar as expectativas populares e muitas, com elevadas responsabilidades, as que as alimentam. Os governos se aproveitam das carências de seu povo para obter crescimento pessoal, em vez de desejarem crescer em conjunto. E, para mim, isso tudo não passa de uma forma de marketing, onde, em troca do pão, o partido ganha mais prestígio e importância perante a sociedade. É clichê, mas ganhar o peixe sempre foi, e sempre será mais fácil do que aprender a pescar. Deplorável.

O povo parece anestesiado. Apesar da corrupção generalizada, do atraso em relação ao resto do Planeta, do abandono escolar coexistindo com milhares de vítimas da exploração do trabalho infantil, das queimadas que destroem nossas florestas e do próprio sistema de distribuição de “peixes”, uma parcela dos brasileiros parece apenas estar preocupada com o próximo participante que irá sair de “A Fazenda”, com quem matou Saulo na novela das oito e quando o dinheiro do Bolsa Família estará disponível. Por quê? Porque estão sendo manipulados. Simples assim. E parece que não se dão conta disso.

Se o tempo que é gasto com alienação fosse preenchido com pensamentos e propostas de luta pela liberdade, existiria uma nova era.

Enquanto não houver o despertar, haverá reféns da própria ignorância. Estes, por sua vez, sempre farão da política brasileira do “Panem et Circenses” um sucesso indiscutível, campeão de bilheteria.

6 comentários:

Jéssica Vieira disse...

gostei mt do seu blog! seguindo aqui!

Cah disse...

O Carina, obrigada! Estou lendo suas postagens e gostando muito. Parabéns!! :)

Simara **(Plantão da beleza)** disse...

Oi linda amei seu blog ta lindo já estou seguindo viu, já te adicionei ate nos meus favoritos, faz uma visitinha no meu acho que vc vai gostar todo dia tem novidade ai se você gostar me segue também ta, beijão simara te aguardo lá .
http://plantaodabeleza.blogspot.com/
/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Rebeca disse...

oi oi Carina! gostei do seu blog tbm, obrigada por seguir, te seguindo tbm! bju!

so sad disse...

eu até concordo que o governo sempre manipula principalmente os mais necessitados.
mas viajo muito, ando por tantas estradas nesse pais, vejo a pobreza estampada aos olhos , e sem perspecitva de melhoria, então acho que um programa assim nao soluciona, mas alivia a fome.
beijo!

Pâмєℓℓα Vαsconceℓos disse...

Carina..gostei do seu blog tb ;D
te seguindo viu.. =*