domingo, 28 de novembro de 2010

O Tamanho das Pessoas

Uma pessoa é enorme quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito, quando olha nos olhos e sorri destravado.
É pequena, quando só pensa em si mesma, quando se comporta de uma maneira pouco gentil, quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre duas pessoas: a amizade, o carinho, o respeito, o zelo e, até mesmo, o amor.
É gigante, quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seu crescimento, quando sonha junto com você.
É pequena quando desvia do assunto.
É grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro, quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma.
É pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.
Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande. É a sua sensibilidade, sem tamanho.

5 comentários:

Carol Ferreira disse...

Adorei o post e concordo plenamente com ele. A sensibilidade ou a falta dela é que determinam o quão grande é uma pessoa.

giselaine alves ♫ disse...

haha, seguindo!

um beijo :*

http://happinesshared.blogspot.com/

Vitor disse...

Oiee!!
Bah.. muito legal o post!! E o blog tbm!! Estou te seguindoo!!
Beijoss

Mensagem Efêmera disse...

Que blog bacana! Me inxeri pra seguir logo :D

Mensagem Efêmera disse...

Ah Carina, bafão, não sou daí não, sou do Amapá. Mas fui criada praí, passei uns 11 anos, rs.
e óbvio meu bem, Grêmio sempre *-*
E poxa, UTZIG é um sobrenome comum? Putz que triste kk
Achei que era algo tão exclusivo, ababou minha autoestima, rsrs.
Vou aparecer por aqui mais vezes, beijo :*